Você pode abrir uma Microempresa pelo Simples Nacional?

Abra agora mesmo sua Microempresa e emita suas Notas Fiscais de Serviços sem preocupação! Com uma ME (Microempresa) você estará totalmente regularizado e poderá contar com o Simples Nacional, o regime tributário que, como o próprio nome diz, é o mais simplificado e com os menores impostos. Abra a sua agora mesmo!

Clique e abra logo a sua ME GRÁTIS* >

Com o Simplificador, em apenas 4 etapas sua microempresa está aberta!

1ª Etapa

1ª Etapa

Cadastro de informações e pagamento em nosso site

2ª Etapa

2ª Etapa

Conferência e validação dos dados cadastrados

3ª Etapa

3ª Etapa

Assinatura da documentação e encaminhamento aos organismos oficiais

Etapa Final

Etapa Final

Liberação para emissão de Notas Fiscais e CNPJ ativo

ABERTURA GRÁTIS

Nós não cobramos nada pela abertura da sua empresa. Você só pagará as taxas governamentais obrigatórias. No momento da contratação dos nossos serviços você faz o adiantamento das suas três primeiras mensalidades e só volta a pagar no quarto mês.

SEU CNPJ EM ATÉ DE 30 DIAS

Todo o processo de abertura e ativação da sua empresa leva cerca de 1 mês e você não precisa se preocupar com nada. Nós te enviamos todos os documentos no endereço que preferir.

ESPECIALIZADOS EM VOCÊ

Atendemos exclusivamente empresas do Simples Nacional, prestadoras de serviços, sem funcionários registrados e sediadas na cidade de São Paulo.

OBRIGAÇÕES LEGAIS

Ao contratar os serviços de contabilidade do Simplificador, você terá a certeza de que todas as obrigações legais da sua empresa estarão sempre em dia.

ATENDIMENTO ESPECIALIZADO

Você conta com o suporte de uma equipe especializada que estará sempre pronta para te atender e tirar todas as duas dúvidas. Você pode fazer isso pelo nosso chat, telefone ou e-mail.

GUIAS DE IMPOSTOS EM DIA

Os impostos mensais das empresas do Simples Nacional são recolhidos pela DAS, uma guia única baseada em seu faturamento mensal. Com o Simplificador você não precisa se preocupar com as datas de vencimentos. Nosso sistema disponibiliza essas guias para você!

Perguntas mais Comuns

Dentro do Simples Nacional, podem existir dois tipos de empresas. As MEs (Microempresas) que faturam até R$360 mil ao ano e as EPPs (Empresas de Pequeno Porte) que faturam até R$4.8 milhões ao ano.
O valor é calculado com base no faturamento mensal da sua empresa, ou seja, a soma de todas as Notas Fiscais que você emitiu no último mês. Para saber o quanto irá pagar, você precisa levar em consideração o tipo de atividade, e consequentemente, o anexo no qual sua empresa está enquadrada. Para os prestadores de serviços, as alíquotas variam de 4,5% a 15,5%.
Não, porém como empresário do Simples Nacional você passa a ser um contribuinte obrigatório da previdência. Sendo assim, o pró-labore é o melhor caminho para que você pague o seu INSS. O menor valor indicado é o correspondente a um salário mínimo.
A abertura de conta empresarial não é obrigatória, mas é altamente recomendável. De acordo com os princípios da contabilidade, o mais indicado é a abertura de uma conta empresarial, pois assim o empresário consegue fazer a exata separação das pessoas físicas e jurídicas. ALém disso, a conta empresarial é frequentemente pedida pelos tomadores de serviço.
Sim! A contratação de um contador é obrigatória para todas as empresas registradas no Simples Nacional. Aqui a única exceção é o MEI, onde embora o microempreendedor individual não seja obrigado, o acompanhamento profissional é altamente recomendado.
  • RG,
  • CPF,
  • Título de eleitor,
  • Último recibo de entrega do IRPF (imposto de renda pessoa física),
  • Comprovante de endereço,
  • Número de cadastro (IPTU) do imóvel onde a empresa será registrada.

  • Clique e abra sua Microempresa GRÁTIS* >

    Está em dúvida sobre a sua atividade?

    Não sabe se algum outro CNAE seria mais adequado para o seu modelo de negócio?
    Nós podemos te ajudar nesta questão.